Total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Pista do aeroporto de Belém é fechada por problema no asfalto

DO G1 PA

Um problema no aeroporto de Belém causou o fechamento da pista principal na tarde desta quinta-feira (23). De acordo com a Infraero, que administra o aeroporto, ocorreu uma "desagregação do asfalto" - uma espécie de descascamento da pista - por volta de 15h30 e, por conta disso, a pista 0624, que é a pista principal do aeroporto, teve de ser fechada. O problema foi resolvido por volta de 19h, conforme anunciado nos alto-falantes do aeroporto.
De acordo com a Infraero, mesmo com o fechamento da pista principal a pista auxiliar permaneceu operacional para pousos e decolagens mas, apesar disso, o voo LATAM 3170, que vinha de Fortaleza e pousaria em Belém, foi desviado para São Luis.
Outro voo da LATAM, o JJ3555 com destino a São Paulo, teve um atraso de duas horas . A empresa disse que está prestando assistência aos passageiros, e que todas as decisões visam garantir a segurança dos voos.
Saguão do aeroporto ficou lotado após cancelamento de voo, mas Infraero diz que situação não é relacionada a fechamento de pista (Foto: Catarina Barbosa / Arquivo pessoal)Saguão do aeroporto ficou lotado após cancelamento de voo, mas Infraero diz que situação não é relacionada a fechamento de pista (Foto: Catarina Barbosa / Arquivo pessoal)


Um voo operado pela companhia Gol, iria sair de Belém para Macapá nesta tarde, mas foi cancelado. "Segundo o que relataram para gente tem um buraco na pista. Não sabemos exatamente se é isso, porque até então não dão informação alguma. Estamos aqui na fila esperando, mandaram que todos saíssem da aeronave. É a segunda fila que estou entrando e até agora não tem posição alguma", disse a passageira Elizabete Magno.
Apesar do que foi relatado pela passageira, a Infraero informou que este cancelamento não tem ligação com o fechamento da pista principal. Procurada pelo G1, inicialmente a empresa informou que o cancelamento do voo 1678 foi, sim, causado pelo problema na pista. A Gol alegou que os passageiros foram retirados do avião e alocados em hotéis, já que o novo voo que irá atendê-los irá decolar 3h30 da madrugada do dia 24.
Ainda segundo a Gol, a companhia não operou na pista auxiliar porque ela também estava em obras, sendo liberada apenas após o desembarque dos passageiros.


Nota da LATAM:

A LATAM Airlines Brasil informa que, em virtude de restrição operacional na pista principal do aeroporto de Belém na tarde de hoje (23), o voo JJ3171 (Belém-Fortaleza), que estava previsto para as 13h44, decolou às 16h45. Pelo mesmo motivo, o voo JJ3555 (Belém – São Paulo/Guarulhos), que estava previsto para as 15h15, tem previsão para decolar às 17h45.

A LATAM esclarece que está prestando assistência aos passageiros. A empresa reitera que segue a legislação do setor e reforça que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.



Por: Redação ORM News


Um problema na pista principal do Aeroporto Internacional de Val-de-Cans, em Belém, causou transtornos para os passageiros na tarde desta quinta-feira (23). Segundo o relato do dentista Luiz Jorge Guedes, de 37 anos, o voo JJ3555 da TAM, com destino à Guarulhos - SP, deveria decolar às 15h15, mas até às 17h, cerca de 60 passageiros deveriam ser realocados pela companhia aérea para que a aeronave possa decolar. 'Estão pedindo para que os passageiros das conexões de Curitiba e Rio de Janeiro desçam do avião, com a justificativa do avião ficar mais leve e poder decolar', relatou o dentista. 



Segundo ele, 18 passageiros foram transferidos inicialmente para outro voo e, caso não conseguissem transferir mais 42 pessoas, o voo seria cancelado: 'Estão liberando passageiros para voos em outros horários mas, no total, 60 pessoas devem ser transferidas.', contou. Luiz Jorge informou que a decolagem ocorreu por volta das 18h, cerca de três horas depois do horário marcado. 
De acordo com Marina Fonseca, assessora da Infraero, empresa que administra o aeroporto, existe uma outra pista que pode ser utilizada pelas companhias aéreas. 'Temos duas pistas. A principal está em manutenção e estará operacional daqui a 3h30 (por volta das 19h desta quinta-feira). A pista auxiliar está operacional. Se a companhia não quer decolar, é uma escolha da gestão, mas temos uma pista operante', destacou a assessora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário