Total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

A partir de hoje estaremos em mais uma rodada de viagem pelo mundo.
Serão seis voos, onde vamos percorrer 23,630 milhas ou 38.028 kms.


Nossa etapa se inicia em Miami para Dallas no dia 03/08/2017 e de lá rumo a Seul na Coréia do Sul, pela American Airlines.
De Seul vamos a Sydney na Austrália pela Asiana Airlines.
Por fim, faremos Sydney (escala em Auckland), Santiago do Chile, São Paulo pela LATAM. O voo a Belém será pela GOL, onde chegaremos no dia 14/08/2017.
Iremos voar, pela ordem, nas seguintes aeronaves: Airbus 321, Boeing 787-900, Boeing 777-200LR, Boeing 787-900, Boeing 777-300 e por fim no Boeing 737-800.
Todos os voos serão na classe executiva, com exceção dos trechos Miami-Dallas e São Paulo-Belém.
Todos as passagens foram emitidas usando milhas, saldo o trecho Seul-Sydney, que foi tarifa paga.

Acompanhem pelo Instagram @zahlouth e no facebook @maisumvoar 

segunda-feira, 31 de julho de 2017

LATAM Belém – Miami no A320: muitas reclamações dos passageiros

O texto abaixo foi integralmente transcrito do Portal ORM.

Clientes da Latam Airlines têm utilizado as redes sociais para questionar as mudanças nos voos internacionais Belém/Miami. A redução do tamanho das aeronaves e a qualidade do lanche oferecido nas viagens foram o alvo das reclamações. De acordo com Vera Cascaes, o avião é pequeno e velho e o lanche é “ridículo”. “Mude de companhia. A Latam não nos merece!”, alerta em sua perfil no Facebook.

Já outra passageira também mostrou indignação com a viagem pela companhia. “Voo direto, sei horas. A empresa aérea acomodou os passageiros em um pequeno avião, daqueles que fazem voos domésticos. O avião partiu lotado e foi aquela agonia”, escreveu Iolanda Parente. No relato, a cliente destaca ainda o arrependimento por ter comprado um “assento conforto” por quase R$200. “Passei a viagem inteira sendo esbarrada, empurrado (sic) e incomodada pelas aeromoças (…)”, conta.

Em nota, a Latam Airlines informou que, desde 1º de julho deste ano, realiza seus voos entre Belém e Miami com a aeronave Airbus A320. A mudança é parte dos esforços constantes da companhia para ampliar, racionalizar ou adequar suas operações.

Para os passageiros que já tinham adquirido bilhetes em Premium Business para este voo, a companhia destacou que oferece opções para que os clientes possam remarcar seus voos ou solicitar o reembolso das passagens. O Airbus A320 não possui a classe Premium Business, mas o passageiro tem a mesma experiência de viagem, com todo o conforto oferecido pela LATAM, diz o comunicado. 

A nota destaca ainda que, “a bordo, o cliente pode usufruir do LATAM Entertainment, sistema de entretenimento a bordo sem fio, e que pode ser acessado pelo passageiro no seu próprio celular, tablet ou computador e dá acesso a uma seleção especial de conteúdo com mais de 60 filmes, cerca de 120 episódios das temporadas completas de séries renomadas, 44 episódios de séries de TV, conteúdos para crianças, palestras, cinco canais do YouTube e notícias (parceria com a BBC). Também conta com uma carta de vinhos exclusiva, que valoriza a produção da América do Sul”

Algumas considerações de Beatriz Roland do Blog Milhas & Destinos

É compreensível que a empresa necessite fazer ajustes da frota para operar determinados voos, mas afirmar que o passageiro tem a mesma experiência de viagem em um A320 e em um B767 não tem o menor cabimento. Especialmente para quem pagou para viajar em business class.

Eu, pessoalmente, acho que faz falta algumas aeronaves A320 da LATAM com configuração de assentos premium de verdade e não somente o bloqueio do assento do meio, com uma inclinação mínima.

Há 5 anos atrás haviam aeronaves A320 com 12 assentos na executiva – que era uma premium economy, na verdade. Mas davam conta desses voos de média duração entre o Norte/Nordeste – Sudeste/Sul.

Esse voo específico tem 6 horas de duração – é dose viajar com o mesmo conforto de quem usa a ponte aérea Rio – São Paulo.

É uma pena que a LATAM esteja decaindo tanto em sua oferta aos passageiros, tanto em relação ao hard product como ao soft product. Quem sabe a Avianca Brasil não enxerga aí uma oportunidade de oferecer um produto melhor?

* Airbus A320
Passageiros: 174
Peso máximo para decolagem: 70t
Peso máximo para pouso: 64,5t
Velocidade de cruzeiro: 850km/h
Classificação ANAC: C
Espaço entre assentos: 73,66cm e 78,74cm

sábado, 8 de julho de 2017

VOCÊ CEDE SEU ASSENTO PARA OUTRO PASSAGEIRO?

Essa é uma pergunta que muita gente já presenciou dentro de aeronaves.
O que fazer?
Bem, eu sou um cara dito como chato, para mim, apenas planejo bem as viagens, marco meu assento de preferência, conforme a aeronave, chego cedo para check in, enfim, tento fazer tudo certo para ter uma viagem menos desagradável possível.
Certa fez, tive que fazer uma viagem em cima da hora, a programação em razão de feriado local mudou e aulas que iria ministrar em outra cidade em um curso de pós-graduação foram antecipadas em uma semana.
Marco sempre, quando disponível, assento na saída de emergência, maior espaço e sempre no corredor, mas desta vez, não havia lugar disponível no voo de ida e tive que marcar em espaço normal, ou seja, espaço para sardinhas em lata.
No check in ainda perguntei se tinha assento com mais espaço disponível, mas a resposta foi negativa.
Sendo o que tinha, assim fui.
Embarquei por primeiro e bem depois chegou um casal, com uma criança de aproximadamente uns 10 anos. A mulher já chegou abalada. Marcaram assentos separados, foi viajar longe da minha família.
Para a minha desgraça, eu estava no corredor, o filho da cidadã na janela, ela no meio e na fileira ao lado, o marido no meio.
A comissária informou que terminando o embarque teria reacomodação.
Voo lotado, nenhum assento disponível.


Terminada a bagunça, que dificuldade e demora esse povo tem para embarcar, lá vem a comissária da LATAM para mim: Senhorrrrrrrrrrrrrrrr, há possibilidade de troca de assento, para a família viajar juntos? Disse-lhe de imediato NÃO! Mas Senhorrrrrrrrrrr. NÃO.
O cara do lado do marido no corredor, também não quis trocar.
A simpática comissária falou: Lamento, vou ter que chamar o apoio de terra para reacomodar essa família, e o voo atrasará. Respondi, ótimo, adoro ficar em avião.
E fala de lá, fala de cá, a família me olhando, como se estivessem vendo o demónio em pessoa, mas mantive minha posição.
Acho pura falta de planejamento, ora, em qualquer companhia brasileira, se pode marcar assento quando se faz a compra de forma gratuita (salvo os espaços especiais). 
Como uma família viajando não providenciou a marcação? Não falaram no check in???
O voo não atrasou nada e partimos, senti olhares fulminantes, indiretas, mas assim que decolamos, abri o laptop e comecei a trabalhar, bem como coloquei fone de ouvido e fui ouvindo música.
Depois até pensei, será que fui muito rude, será que deveria ter cedido meu lugar e ir mais apertado ainda na poltrona do meio?
Ao final, creio que agi certo.
E você o que faria nessa situação?

sábado, 20 de maio de 2017

Preço do Wi-Fi da GOL

Os clientes poderão escolher entre diferentes pacotes de internet disponíveis, com valores a partir de R$8 por hora de navegação. A companhia oferecerá opções de acordo com o tipo de serviço e duração de voo, como pacotes apenas para mensagens – como WhatsApp, Skype, Facebook Messenger e iMessage, acesso à e-mail e navegação em sites e redes sociais, além de pacotes para aplicativos de streaming. 


Após a contratação, o serviço estará disponível para uso em computador portátil, tablet ou smartphone habilitado para Wi-Fi. Para os clientes frequentes dos programas Smiles Diamante e Ouro, a companhia também já está preparando desconto especiais, como mais um benefício para a categoria.

sábado, 15 de abril de 2017

Passageiro da United Airlines é retirado à força de voo

Um vídeo publicado mostra como um passageiro é retirado à força de um avião da United Airlines, que viajava de Chicago a Lousville, nos Estados Unidos, obrigou a companhia a buscar assentos livres, pois queria embarcar tripulantes. 

Como nenhum dos presentes aceitou de forma voluntária a ceder o lugar, a empresa fez uma seleção aleatória.

Quando o avião estava completo, a United informou aos passageiros – já sentados – que quatro deles deviam ceder seus lugares a funcionários da empresa que precisavam estar no dia seguinte no destino, Louisville, para integrar outra equipe de cabine. Os presentes também foram advertidos de que o avião não decolaria enquanto os funcionários da United não tivessem seus assentos garantidos. A oferta então aumentou para 800 dólares, mas sem sucesso.

Foi quando um gerente da empresa chegou com um computador que, segundo suas palavras, selecionaria quatro pessoas que deveriam abandonar o avião. Quando mencionaram o seu nome, o viajante visto nas imagens mostrou-se muito contrariado e tentou chamar seu advogado. Então ocorreu o incidente que ficou registrado na gravação.



O passageiro pôde finalmente regressar ao voo depois que uma equipe de médicos tratou das feridas ocasionadas pela violenta expulsão. O avião decolou com duas horas de atraso. Um vídeo no Twitter mostra o momento em que o viajante retorna ao avião para ocupar um assento na parte traseira ( sofreu uma fratura no nariz e uma concussão).

Num vídeo gravado por outra testemunha, publicado também no Twitter, pode-se ver como o passageiro sangra pela boca enquanto é arrastado pelo corredor. A companhia aérea se pronunciou na mesma rede social, confirmando de novo a venda de passagens acima da disponibilidade e a recusa do passageiro em ceder seu assento.

Posteriormente, Oscar Muñoz, executivo da United Airlines, assinou um comunicado compartilhado nas redes sociais: “É um assunto incômodo para todos nós que fazemos parte da United. Peço desculpas por ter que recolocar esses clientes. Nossa equipe está agindo com urgência para colaborar com as autoridades e oferecer nossa própria versão do ocorrido, com o maior número possível de detalhes. Também estamos entrando em contato com esse passageiro para falar diretamente com ele e resolver essa situação.”

Emirates e Azul entre as melhores aéreas do mundo

A Emirates foi eleita a melhor companhia aérea do mundo pelo TripAdvisor no primeiro Travelers’ Choice Awards de companhias aéreas. A premiação destaca as principais operadoras do mundo, com base na quantidade e qualidade dos comentários e classificações das companhias aéreas mundiais, reunidos ao longo de um período de 12 meses. Além de conquistar o grande prêmio, a companhia também foi premiada com quatro outros reconhecimentos, incluindo melhor companhia aérea do Oriente Médio e África, melhor Classe Econômica, melhor Primeira Classe e melhor Companhia Aérea – Top 10.


A Azul foi eleita a terceira melhor companhia aérea do mundo, sendo a única empresa de bandeira brasileira a figurar no ranking e a mais bem posicionada low cost nesta categoria. Isso posiciona a empresa como a melhor low cost do mundo. O levantamento, realizado pela primeira vez, toma como base considerações e notas registradas no site nos últimos 12 meses por clientes que experimentaram os serviços das companhias premiadas.

Air China realiza voo inaugural do 787-900

A decolagem aconteceu no dia 26/03/2017, seguindo o cronograma informado anteriormente pela companhia aérea.

A configuração da aeronave traz 30 assentos de classe executiva (em configuração 2-2-2-), 34 na econômica premium (modelo 3-3-3) e 224 lugares na econômica (com poltronas divididas em esquema 3-3-3), o que representa aumento de 26% na oferta entre os países. A Air China opera duas frequências semanais do voo, com escala em Madri, na Espanha para Pequim na China.


Os voos ocorrem às quartas-feiras e aos domingos.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Novas regras e valores de bagagem na LATAM Airlines Brasil

Notícia publica no Blog Falando de Viagem:


Novas regras de bagagem na LATAM Airlines Brasil

A partir do dia 14 de março, a [url]LATAM Airlines Brasil[/url] alterará suas regras de bagagem com relação à franquia permitida por passageiro e à cobrança do excesso. As novas regras adaptam os processos da companhia à revisão das Condições Gerais de Transporte Aéreo (CGTAs), aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em dezembro de 2016.

Para ajudar o cliente a se adaptar a esta nova dinâmica e garantir uma excelente implementação do novo processo, durante os próximos meses o despacho da primeira bagagem de 23 quilos ainda será gratuito e a cobrança será apenas sobre o excesso.

Mudanças confirmadas a partir de 14 de março de 2017

1) Bagagem de mão: para viagens realizadas a partir de 14 de março, há aumento no peso da bagagem permitida a bordo das aeronaves em todos os voos, passando de 5 para 10 quilos por passageiro (exceto Premium Business e Premium Economy, que mantém a franquia de 16 quilos). As regras relacionadas às dimensões da bagagem de mão seguem inalteradas: no máximo 55 cm x 35 cm x 25 cm (altura x largura x espessura).

2) Bagagem despachada: nos primeiros meses, os clientes que emitirem bilhetes a partir do dia 14 de março terão direito a despachar um volume de até 23 quilos em voos dentro do Brasil e de/para a América do Sul. Para os demais voos internacionais, os clientes poderão despachar até dois volumes de 23 quilos cada. Já os clientes nas cabines Premium Business e Premium Economy poderão transportar até três volumes de 23 quilos. As regras relacionadas às dimensões da bagagem despachada seguem inalteradas, onde largura + altura + comprimento somados devem ter até 158 centímetros. 

3) Excesso de bagagem: há alteração no pagamento do excedente de bagagem a partir do dia 14 de março, seja pelo call center, site ou pessoalmente no aeroporto. A cobrança será mais simples e feita por meio de taxas fixas por peça, por faixa de peso e/ou por tamanho excedente. Os valores variam de acordo com o tipo de voo: doméstico, América do Sul ou internacional. 

Segue um resumo das novas regras e cobranças, com os respectivos preços que entrarão em vigor em 14 de março:

Imagem

Os clientes do programa LATAM Fidelidade das categorias GoldPlatinumBlack e Black Signature terão benefícios diferenciados relacionados à franquia de bagagem.

Imagem

Para mais informações, acesse aqui.

E a grande questão é: será que as passagens aéreas realmente irão ficar mais baratas?

quarta-feira, 1 de março de 2017

NOVAS REGRAS ANAC

O site melhores destinos fez um texto bem simples e direto, vale a pena ler. Acesse aqui.


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Pista do aeroporto de Belém é fechada por problema no asfalto

DO G1 PA

Um problema no aeroporto de Belém causou o fechamento da pista principal na tarde desta quinta-feira (23). De acordo com a Infraero, que administra o aeroporto, ocorreu uma "desagregação do asfalto" - uma espécie de descascamento da pista - por volta de 15h30 e, por conta disso, a pista 0624, que é a pista principal do aeroporto, teve de ser fechada. O problema foi resolvido por volta de 19h, conforme anunciado nos alto-falantes do aeroporto.
De acordo com a Infraero, mesmo com o fechamento da pista principal a pista auxiliar permaneceu operacional para pousos e decolagens mas, apesar disso, o voo LATAM 3170, que vinha de Fortaleza e pousaria em Belém, foi desviado para São Luis.
Outro voo da LATAM, o JJ3555 com destino a São Paulo, teve um atraso de duas horas . A empresa disse que está prestando assistência aos passageiros, e que todas as decisões visam garantir a segurança dos voos.
Saguão do aeroporto ficou lotado após cancelamento de voo, mas Infraero diz que situação não é relacionada a fechamento de pista (Foto: Catarina Barbosa / Arquivo pessoal)Saguão do aeroporto ficou lotado após cancelamento de voo, mas Infraero diz que situação não é relacionada a fechamento de pista (Foto: Catarina Barbosa / Arquivo pessoal)


Um voo operado pela companhia Gol, iria sair de Belém para Macapá nesta tarde, mas foi cancelado. "Segundo o que relataram para gente tem um buraco na pista. Não sabemos exatamente se é isso, porque até então não dão informação alguma. Estamos aqui na fila esperando, mandaram que todos saíssem da aeronave. É a segunda fila que estou entrando e até agora não tem posição alguma", disse a passageira Elizabete Magno.
Apesar do que foi relatado pela passageira, a Infraero informou que este cancelamento não tem ligação com o fechamento da pista principal. Procurada pelo G1, inicialmente a empresa informou que o cancelamento do voo 1678 foi, sim, causado pelo problema na pista. A Gol alegou que os passageiros foram retirados do avião e alocados em hotéis, já que o novo voo que irá atendê-los irá decolar 3h30 da madrugada do dia 24.
Ainda segundo a Gol, a companhia não operou na pista auxiliar porque ela também estava em obras, sendo liberada apenas após o desembarque dos passageiros.


Nota da LATAM:

A LATAM Airlines Brasil informa que, em virtude de restrição operacional na pista principal do aeroporto de Belém na tarde de hoje (23), o voo JJ3171 (Belém-Fortaleza), que estava previsto para as 13h44, decolou às 16h45. Pelo mesmo motivo, o voo JJ3555 (Belém – São Paulo/Guarulhos), que estava previsto para as 15h15, tem previsão para decolar às 17h45.

A LATAM esclarece que está prestando assistência aos passageiros. A empresa reitera que segue a legislação do setor e reforça que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.



Por: Redação ORM News


Um problema na pista principal do Aeroporto Internacional de Val-de-Cans, em Belém, causou transtornos para os passageiros na tarde desta quinta-feira (23). Segundo o relato do dentista Luiz Jorge Guedes, de 37 anos, o voo JJ3555 da TAM, com destino à Guarulhos - SP, deveria decolar às 15h15, mas até às 17h, cerca de 60 passageiros deveriam ser realocados pela companhia aérea para que a aeronave possa decolar. 'Estão pedindo para que os passageiros das conexões de Curitiba e Rio de Janeiro desçam do avião, com a justificativa do avião ficar mais leve e poder decolar', relatou o dentista. 



Segundo ele, 18 passageiros foram transferidos inicialmente para outro voo e, caso não conseguissem transferir mais 42 pessoas, o voo seria cancelado: 'Estão liberando passageiros para voos em outros horários mas, no total, 60 pessoas devem ser transferidas.', contou. Luiz Jorge informou que a decolagem ocorreu por volta das 18h, cerca de três horas depois do horário marcado. 
De acordo com Marina Fonseca, assessora da Infraero, empresa que administra o aeroporto, existe uma outra pista que pode ser utilizada pelas companhias aéreas. 'Temos duas pistas. A principal está em manutenção e estará operacional daqui a 3h30 (por volta das 19h desta quinta-feira). A pista auxiliar está operacional. Se a companhia não quer decolar, é uma escolha da gestão, mas temos uma pista operante', destacou a assessora.